quinta-feira, 15 de outubro de 2009

"Tempo Vivo"





" Tempo esse
Que passa
às vezes se arrasta
Feroz...
Feito vendavais...

Tempo
Que não é mais de colheita
Tempo de passagem...
Tempo que corrói

Mas..
Tempo...
Que alimenta,
reconstrói...
Fecha feridas..
Tempo de possibilidades..
Enquanto houver vida
E desejo de vida juntas
Porque vidas vividas juntas
É tempo vivo...

Para você que acredita que "o tempo", que "no tempo" há toda possibilidade de refazer vidas...



Poema: Fátima Lima

Foto: "Restos" fachada dos restos de uma casa em Laranjeiras... por Fátima Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário